021 | Não foi sorte, foi Deus

Quando eu estava sendo socorrido por uma equipe do SAMU que atendeu o chamado da minha esposa as 04 horas da madrugada de 20 de Novembro de 2017, ao sofrer um AVC isquêmico, eu fui levado para uma unidade de Saúde e mesmo em agonia e com sequelas seríssimas (não conseguir falar era um delas) eu ouvi nitidamente o médico dizendo para um enfermeiro: ‘Ele não vai sobreviver‘ e naquele momento eu não consegui reagir e não disse nada.

Chegando no hospital HU, para onde eu fui levado posteriormente, e após ser avaliado por um médico neurologista, ele me disse: ‘O pior já passou, você vai sobreviver, você teve muita sorte‘.

Eu não conseguia falar, as palavras não saiam da minha boca que estava torta, paralisada e eu ainda estava em choque emocional, mas eu fiz um tremendo esforço e consegui dizer uma frase que para mim, fez toda a diferença na minha recuperação, gratidão e testemunho de fé: ‘Não foi sorte, foi Deus‘.

Eu consegui balbuciar com muita determinação, com muita dificuldade, mas eu consegui ser compreendido. Ele me olhou com uma cara de total espanto, e até hoje eu me pergunto: ‘Será que ele chorou? Foi isso mesmo que eu vi?’

Léo Vilhena
Doutor em Teologia
Especializado em Psicologia Pastoral
Especializado em Bases Doutrinárias

admin

Léo Vilhena | Doutor em Teologia | Especializado em Psicologia Pastoral | Especializado em Bases Doutrinárias | Autor de 20 livros publicados | O Blog PPR é um ministério voltado a levar a Mensagem da Cruz, sem falsidades, sem enganos, sem falácias, sem mentiras ou Hipocrisias. Falamos a Verdade com verdade. Levamos o Evangelho a sério.