014 | A Síndrome do Pangaré

Jumento, Burro, Asno ou Pangaré são animais híbridos, totalmente estéreis, ‘produtos’ do cruzamento de um cavalo com uma jumenta que tem por características serem animais de corpus-lentos, lerdos, com forças reduzidas, com ausência de inteligência animal e seus nomes são comumente usados para definirem coisas e pessoas desagradáveis, alijadas de inteligências humana no popular, as bestas e os burros dos tempos modernos.

Pertencem à família dos ‘Equus asinu`.

Eu ando pelas ruas de algumas cidades e em especial em algumas igrejas e vejo cotidianamente pessoas com essas características de jumentos, burros, asnos e pangarés.

Elas sofrem do que eu chamo da Síndrome do Pangaré. Eu falo isso à mais de trinta anos e o que eu mais percebo é que a ‘fauna flora’ dos Pangarés cresce a cada dia.

Isso parece ser ‘depreciativo’ e ‘ofensivo’, mas então me diga, como classificar certos tipos pessoas? Não posso mentir e chamar eles de seres inteligentes iguais os cientistas da Nasa, por que eles não são. Quem sabe o caminho que deve seguir, mas conscientemente vai por outro caminho que leva à perdição, é um burro, não tem como chamar de outro jeito: é um jumento e um pangaré.

Vem comigo numa ‘aventura’ que vai te revelar se eu estou falando asneiras igual a um Asno:

1 – O ‘jumento’, sabe que vai perder a salvação se ele viver praticando a mentira, mas mesmo assim ele mente descaradamente e por assuntos banais: ‘Ficarão de fora os cães, os feiticeiros, os adúlteros, os homicidas, os idólatras, e todo o que ama e pratica a mentira‘. Apocalipse 22:15

2 – O ‘burro’, sabe que vai perder a salvação se ele viver praticando o adultério, mas mesmo assim ele adora ‘pular a cerca’ e não respeita à sua esposa e o seu casamento ‘Ficarão de fora os cães, os feiticeiros, os adúlteros, os homicidas, os idólatras, e todo o que ama e pratica mentira’. Apocalipse 22:15 

3 – O ‘Asno’, sabe que vai perder a salvação se ele viver idolatrando pessoas, coisas, dinheiros, bens materiais e satisfazendo toda a sorte de concupiscência da carne, roubando de Deus a glória de ser único Deus à ser exaltado e idolatrado (até a esposa e -os filhos podem ser alvos de idolatria), mas mesmo assim ele prefere ‘adorar’ outros deuses (você adora outros ‘deuses’ quando tudo tem mais força, valor e significado para você e não concede ao Senhor o mesmo valor, força e significado que Ele merece, isso é roubar de Deus a glória que é exclusiva dEle) ‘Ficarão de fora os cães,’ feiticeiros, os adúlteros, os homicidas, os idólatras, e todo o que ama e pratica a mentira’..

4 – O ‘Pangaré’, sabe que vai perder a salvação mas mesmo assim ele comete todo o tipo de injustiça, (quando alguém te faz o bem e você devolve o mal, isso é um tipo de injustiça) ‘Acaso não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus?’. 1 Coríntios 6:9

Injustiça é a ausência da justiça, é violar ou negar o direito à alguém, comete injustiça todo indivíduo que beneficia alguns em prol do prejuízo de outros.

Injustiça é você receber o bem e devolver o mal, é você receber a fidelidade e devolver a infidelidade, é ser infiel com seu cônjuge, é você receber a bondade e devolver a maldade, é você receber a verdade e devolver uma mentira.

É você negar:

1 – Negar o direito do respeito à quem deva ser respeitado (em geral as autoridades morais, eclesiásticas e políticas), é você desrespeitar seu filho, filha, esposa, marido, mãe, pai e toda autoridade constituída por Deus, essas práticas perante Deus são injustiças pois foi Ele quem instituiu as autoridades que nos cercam. ‘Cada qual seja submisso às autoridades constituídas, porque não há autoridade que não venha de Deus; as que existem foram instituídas por Deus.’ – Romanos 13:1;2

2 – Assim, aquele que resiste à autoridade, opõe-se à ordem estabelecida por Deus; e os que a ela se opõem, atraem sob si a condenação’.

O conceito de injustiça é muito mais abrangente do que você possa imaginar, e eu creio que muita gente que se ‘acham salvos’ vão para o inferno por cometerem todas as sortes de injustiças.

Então no fim desse editorial, a única pergunta que faço é: Como classificar alguém que vai para inferno, com a consciência de que vai perder a salvação por ser mentiroso, injusto, adúltero idólatra? Não tem como não chamar de burro, jumento, asno e pangaré.

A bíblia não exagera ao afirmar que o Inferno é mesmo um inferno de dor, sofrimento, desespero, ranger de dentes, é um sofrimento eterno e inimaginável para a consciência da raça humana.

Não existem verbos, adjetivos e substantivos que com exatidão expressem a dor infernal do inferno.

Só mesmo um burro que sofre da Síndrome do Pangaré para ir para o inferno. Exagerei?

Léo Vilhena
Doutor em Teologia
Especializado em Psicologia Pastoral
Especializado em Bases Doutrinárias

admin

Léo Vilhena | Doutor em Teologia | Especializado em Psicologia Pastoral | Especializado em Bases Doutrinárias | Autor de 20 livros publicados | O Blog PPR é um ministério voltado a levar a Mensagem da Cruz, sem falsidades, sem enganos, sem falácias, sem mentiras ou Hipocrisias. Falamos a Verdade com verdade. Levamos o Evangelho a sério.